Na noite de ontem, os Democratas apresentaram o processo contra o ex-presidente ao Senado. Trump é o primeiro presidente dos EUA a sofrer dois

processos de impeachment. Em 2018, ele foi acusado de abuso e obstrução de poder, ao pedir para a Ucrânia investigar o então candidato à presidência Joe Biden em troca de ajuda. Dessa vez, a oposição alega que os discursos de Trump serviram para incitar uma revolução violenta no país.

Mesmo com a saída de Trump do poder no último dia 20, o processo vai continuar e o bilionário pode ficar inelegível para uma próxima candidatura, além de perder benefícios como ex-presidente.